Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Afastei-me ...

 

 

Já era noite cerrada quando parei o carro perto do portão.

O silêncio da noite enervava-me…talvez por me sentir ansiosa…não sei se o que ia fazer era o politicamente correcto… mas estava cega e nada me impedia.

Avancei vagarosamente pelo jardim da tua casa. Os meus pensamentos estavam em fusão…por milésimas de segundos pensei voltar para trás, mas não resisti à tentação de te ver…era o que eu mais desejava naquele preciso momento.

De repente senti que alguém estava a observar-me, parei. Olhei para trás e vi-te. Paralisei. Aqueles minutos foram intermináveis… os meus olhos não conseguiam desviar-se dos teus, ficámos parados sem conseguirmos soltar qualquer palavra.

Os meus olhos encheram de lágrimas, sentia-me feliz, confusa, receosa, uma miscelânia de sentimentos assaltavam a minha alma.

Estendeste-me a mão e levaste-me em silêncio pelo caminho oposto ao da tua casa. Caminhámos durante algum tempo em silêncio. De vez enquanto sentia o teu olhar sobre mim. Parámos junto a uma clareira, colocaste o teu braço sobre os meus ombros e olhaste para mim. Senti o meu corpo tremer.

Puxaste-me e abraçaste-me com muita força. Abraçamo-nos um ao outro. A tua boca procurou a minha e beijámo-nos como loucos. Senti as tuas mãos a acariciarem o meu corpo, apertaste-me com força. Beijámo-nos sem parar.

Parecia que o mundo ia acabar e queríamos aproveitar aquele último momento.

Foi nessa noite iluminada pela lua cheia, naquele lugar, onde nada se ouvia… apenas se sentia a brisa fria da noite, que fizemos amor, um amor sentido. Não tenho palavras para descrever o momento de êxtase que vivemos durante horas na calada da noite.

Hoje recordo-te com saudade… pergunto a mim mesma onde estarás? Não percebo, não compreendo, não entendo …porque fugi de ti e não olhei para trás sequer… a única lembrança que trago comigo são as lágrimas que vi correr no teu rosto…quando me afastei…


Fim

sinto-me: À flor da pele
música: Lisa Gerrard / Pieter Bourke - Shadow Magnet
publicado por rabat_bat às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Naquela noite ...

. Parábola ...

. Prometeste-me levar ao Te...

. Nos Jardins de Viena

. Sem sexo...nem inveja

. Preciso de gritar até à e...

. La femme

. Fantasiar não é infidelid...

. Perdi-me algures ...

. Foi o teu gelo que me atr...

.arquivos

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.favorito

. Porque partiste?

blogs SAPO

.subscrever feeds